segurança

PETZL
A empresa Selva Sassirì utiliza o material de segurança da firma PETZL.
Todo material utilizado no parque Selva Sassiri passa por uma revisão diária logo após fechar o parque ao público.
A empresa Selva Sassiri utiliza o material de segurança da firma PETZL, líder mundial no setor. A PETZL é uma indústria francesa que, por sua experiência consolidada ao longo de décadas, domina o mercado não só pela qualidade de seus produtos, como também pelo reconhecido padrão de segurança de seus equipamentos.
As instalações do Selva Sassiri superam os padrões de segurança estabelecidos pelas normas vigentes no Brasil. Semanalmente, cada um dia e meio de funcionamento, toda a instalação é detalhadamente revisada. Os nossos monitores são formados pelo coordenador nacional das normas de arvorismo pela ABNT, Dr. Marco “Sagui” Orlando. A equipe toda passa, periodicamente, por cursos e oficinas de atualização em segurança realizados no Estado e no exterior.
A nossa empresa é associada à ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura). A ABETA tem como objetivo ajudar as empresas de turismo de aventura a entrar, através de uma cerificação, nos padrões de qualidade internacionais, orientando assim o turista na escolha de uma empresa que atenda suas expectativas. As empresas afiliadas à ABETA podem se tornar referências de qualidade e segurança para o apreciador desta atividade.
O processo de segurança no parque SELVA SASSIRI' começa com a manutenção e limpeza das pistas A, B, C e D, de acesso às atividades feitas a cada 15 dias.
A informação dos riscos è apresentada com placas informativas e verbalmente pelos condutores.
Todas sexta feira è feita vistoria completa dos percursos.
Seguindo o percurso, o condutor responsável ira:
  • verificar o estado da ancoragem
  • procurar eventuais lesões no cabo de aço
  • verificar o estado da madeira, das plataformas, encapar pontas dos cabos de aço se necessário.

Cada arvore que suporta o arvorismo e as tirolesas são numeradas a fim de melhor identificá-las e monitorá-las. As arvores são monitoradas para identificar brocas e animais peçonhentos. Os galhos identificados como sendo de risco são removidos manualmente subindo nas arvores. E' feito o controle semanal do estado da cerca que limita o parque impedindo o acesso não consentido. Placas informativas do perigo são encontradas na própria cerca. Toda sexta feira as tirolesas recebem o mesmo tratamento de risco, sobre sinalização, vistoria de ancoragem, dos grampos, cabo de aço. O procedimento inclui uma descida de tirolesas praticadas em velocidade reduzida acompanhando com o tacto e a vista o trecho, ao fim de verificar o estado do cabo de aço.Vistoria das plataformas de chegada e de saída. A vistoria è efetuada pelos construtores do parque, melhores avaliadores de um eventual desgasto no tempo dos materiais e da estrutura. A empresa Selva Sassirì coloca a segurança no ponto mais importante da própria atividade, buscando materiais e técnicas sempre inovadoras, dentro dos padrões de segurança aplicáveis para a pratica das atividades de arvorismo e tirolesa.